sábado, 28 de fevereiro de 2009

O desfile de Carnaval


Nós nos Carnaval fizemos um desfile com o tema “Invasões Francesas”.
Tirámos fotografias e desfilámos pelas ruas da cidade acompanhados pelos professores e pelas auxiliares de educação.
Também havia carros enfeitados e música alegre, própria desta quadra festiva.
Havia muita gente a ver o desfile e batiam-nos palmas e diziam-nos que íamos muito bonitos.
Havia alguns pais que nos acompanhavam no desfile.
O desfile começou na Madalena, desfilámos pela rua de Sto António e acabou no largo da Câmara Municipal.
Eu gostei de participar no desfile.
Foi um dia muito divertido.

Ema - 3º ano Santo Amaro

O Carnaval

No dia 20 deste mês realizou-se o Desfile de Carnaval, sob o tema “Bicentenário da Segunda Invasão Francesa em Chaves”, onde a maior parte das escolas da cidade participaram.
Na nossa escola tiramos fotografias e preparamo-nos para ir até à Madalena, ponto de encontro e início do desfile. O desfile percorreu várias ruas da cidade e terminou no Largo de Camões, frente à Câmara Municipal.
Foi muito bonito, pois vi que todos os participantes estavam contentes e felizes. Vi uma carruagem onde iam o Napoleão e a Josefina, e um cavalo com o Napoleão a cavalgar.
Ao longo do percurso o fotógrafo tirou muitas fotografias para mais tarde recordar.
Quando terminou despedi-me dos meus colegas e da minha professora e fui para casa com a minha mãe. Estava muito cansado mas muito satisfeito por tudo ter corrido bem.
Luís 3º ano (Santo Amaro)

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Leya quer aumentar o preço dos manuais

LUSA 27 de Fevereiro
Acordo ortográfico:
Leya admite aumentar preço dos manuais escolares O grupo editorial Leya estima que a adaptação de cada manual escolar ao novo acordo ortográfico poderá custar entre quatro e cinco mil euros, pelo que admite o aumento dos preços de venda às famílias. 'Todo este processo de mudança da ortografia, revisão exaustiva do texto e substituição total das chapas de impressão tem custos muito elevados. Dependendo de cada manual, este valor rondará os quatro a cinco mil euros', afirma a coordenadora de edições escolares do grupo, que detém entre 30 a 40% da quota de mercado dos manuais. (...) 'É admissível considerarmos que este custo possa ser tido em linha de conta numa futura convenção de preços. Este factor não pode ser ignorado por nenhuma das partes', acrescenta Carmo Correia.
O preço dos manuais é regulado por uma convenção entre o Ministério da Educação (ME) e as associações de editores de livros escolares. A actual convenção é válida até ao final do próximo ano lectivo (2009/2010). 'Em 2010/2011 haverá com certeza espaço para introduzir algum factor de actualização. Admitimos que os preços venham a aumentar', adianta.
De acordo com a mesma responsável, a Leya pediu em Novembro do ano passado informações ao ME sobre o calendário de implementação da nova ortografia no ensino, mas não obteve até à data qualquer 'informação precisa'. 'Informámos na altura de que a implementação do acordo nos manuais tem de ser calendarizada atempadamente, porque as reimpressões dos livros tendo em vista determinado ano lectivo são feitas a partir de Outubro do ano anterior', explica Carmo Correia, acrescentando que só assim 'é possível abastecer o mercado atempadamente'.
Na melhor das hipóteses, estima, os primeiros manuais adaptados ao acordo ortográfico só poderiam estar no mercado em Setembro de 2010. 'Por mais ferramentas e automatismos que se utilizem para fazer a conversão, é absolutamente necessário um processo de revisão exaustivo de todo o texto para despistar falhas e erros', justifica.
Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) diz que questiona 'desde há dois anos' o ME sobre os planos para integração do acordo no ensino, mas também não obteve resposta. 'Os editores escolares da APEL aguardam instruções por parte do ME no que diz respeito à implementação do acordo ortográfico nas escolas. O pedido de informação foi feito há quase dois anos, mas acreditamos que o ME tem plena consciência das fortes implicações que este processo terá e da importância de que se reveste para a educação dos alunos', acrescenta fonte da comissão do livro escolar da APEL. (...)
Acordo ortográfico:
Pais apelam a escolas que boicotem editora
A Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) considera um 'desrespeito' o aumento do preço dos manuais escolares, admitido na quinta-feira pelo grupo editorial Leya, sugerindo que as escolas seleccionem manuais de outras editoras. O grupo editorial Leya estima que a adaptação de cada manual escolar ao novo acordo ortográfico poderá custar entre quatro e cinco mil euros, pelo que admite o aumento dos preços de venda às famílias. Confrontado com esta possibilidade, o presidente da CONFAP, Albino Almeida, enfatiza que a política de acção da Leya é 'apenas movida pelo lucro' e que o grupo se distingue no mercado pelo 'aumento dos preços' sempre que possível, o que considera 'inacreditável'.
'Lamentamos que a editora só pense no lucro, é um autêntico desrespeito pelas famílias nesta altura de crise, em que as mais desfavorecidas dificilmente vão conseguir comprar os manuais', considera o representante das associações de pais. Albino Almeida sugere ainda que as escolas 'pensem se querem continuar a usar livros da Leya'.
Nota da Confap:
Confap recebeu inúmeras queixas de pais e encarregados de educação (até ao fim do primeiro período) de faltas de manuais para aquisição nas livrarias, adoptados pelas escolas e provenientes da editora Leya.
A Confap recomenda aos representantes dos pais e encarregados de educação nos Conselhos Pedagógicos uma atenção especial para a selecção e adopção dos manuais escolares e sua avaliação.
A Confap recorda que cada 3 anos os manuais eram refeitos e actualizados, nunca se tendo feito repercutir o custo dessa revisão, no primeiro ano de implementação, numa subida de preço. Com a recente legislação a adoptar os manuais para 6 anos, este custo é ainda mais amortizado no tempo.
Assim, a revisão requerida, não é mais do que um processo normal no ciclo de vida dos manuais escolares e que não poderá acarretar custos acrescidos para as famílias e deverá ser implementado de forma normal e gradual, segundo a vigência dos actuais manuais.

Cá fora também se aprende - CNE

Jornadas “CÁ FORA TAMBÉM SE APRENDE!”
Seminário Papel das Entidades Culturais 2 de Março de 2009
Auditório do Conselho Nacional de Educação
Partindo da constatação de que “cá fora também se aprende”, isto é, que fora da escola e de outras instituições vocacionadas para o ensino e a formação, também há aprendizagens – de que temos mais ou menos consciência – mas que são – podem ser – extremamente importantes, coloca-se a hipótese de estas aprendizagens não formais serem as mais social e culturalmente “diferenciadoras” e até, provavelmente, o principal factor explicativo dos resultados (positivos e negativos) nos testes internacionais tipo PISA.
Por outro lado, há uma série de destinatários para quem estas aprendizagens não formais são particularmente relevantes: os alunos com características menos “académicas” ou com estilos de aprendizagem menos lógico-matemáticos; os adultos pouco escolarizados; os jovens em emancipação relativamente a instituições mais rígidas; as personalidades de qualquer idade com apetências artísticas…
Mas mesmo para os outros, para os escolarmente bem sucedidos, estas aprendizagens são muitas vezes determinantes na definição da vida profissional. Num momento em que a escola partilha cada vez mais o monopólio do ensino e as novas tecnologias da informação e da comunicação instauram novos modos de aprender, é importante vermos que possibilidades isto abre para as aprendizagens fora da escola.
Neste contexto, as Jornadas “Cá Fora Também se Aprende!”, de que este é o segundo Seminário (sobre o papel das entidades culturais), pretendem identificar potencialidades e forças para tornar a sociedade portuguesa culturalmente mais rica, mais estimulante e mais criativa. Três questões orientarão os trabalhos das Jornadas:
1 Qual a importância da educação não formal e informal? Que competências se desenvolvem? Que aprendizagens proporcionam? Qual o papel destas organizações?
2 Como motivar para aprendizagens em qualquer contexto?
3 Que pode fazer a administração pública – e em particular o CNE – para estimular e apoiar o papel educativo dessas instituições?
09:30 – Abertura
Paula Fernandes dos Santos – Secretária de Estado da Cultura
Júlio Pedrosa - Presidente do CNE
10:00 – Conferência - Como desenvolver uma cultura de cidadania?
Conferencista – Guilherme d’Oliveira Martins – Presidente do Centro Nacional de Cultura
da Mesa: Maria Emília Brederode Santos - CNE
10:40 – Intervalo para café
:00 – Mesa-redonda - Intervenção cultural a nível local
Moderador – Ana Maria Bettencourt – CNE
Torres – Campo Arqueológico de Mértola
– Domingos Morais - Escola Superior de Teatro e Cinema
- Luís Diamantino Batista - Vereador da C.M. de Póvoa de Varzim
- Telmo Faria - Presidente da C.M. de Óbidos
12:00 – Comentário – Manuela de Melo – Deputada – Assembleia da República
12:15 – Debate
12:45 – Almoço
14:30 – Painel - Papel Educativo dos Serviços Culturais
Moderador – Ludgero Leote - CNE
- Mário Vieira de Carvalho – FCSH/UNL
- Vanda Lourenço - Observatório das Actividades Culturais
- Maria Emanuel Albergaria – Serviço Educativo do Museu Carlos Machado – Ponta Delgada
- Elvira Leite – Serviço Educativo da Fundação Serralves
Fernando António Baptista Pereira – Faculdade de Belas-Artes da UL
16:00 – Comentário – José Carlos Vasconcelos – Director do Jornal de Letras
16:15 – Debate
16:45 – Intervalo para café
17:00 – Conferência Síntese - Que dificuldades? Que recomendações?
Conferencista: João Teixeira Lopes – Faculdade de Letras – Univ. Porto
Presidente da mesa – Maria Calado - CNE
17:30 – Encerramento

Prevenção do Cancro



Simpósio“Prevenção do Cancro”a decorrer nos próximos dias 30, 31 de Março e 1 de Abril nas instalações da Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Região Norte, Areosa – Porto (Departamento de Educação para a Saúde).

»» Cartaz ««

»» Programa ««

EGTC Projecto Seminário 12 Março 2009 - INFORMAÇÃO PRÁTICA

Exmo.s Senhor, Senhora,
A Mission Opérationnelle Transfrontalière (MOT), Chefe de Fila do projecto
* URBACT “EGTC”*, jà vos enviou um convite para :
O Primeiro Seminário Temático do projecto “EGTC” “Conurbações Transfronteiriças: Potenciação da Governaça Interna” que terá lugar na Quinta-Feira, 12 de Março de 2009 em Chaves, Portugal (Auditório do Centro Cultural de Chaves)a convite do Município de Chaves Segue, em anexo, o programa e informação adicional sobre alojamento e transportes.
Serão disponibilizadas traduções em Inglês, Português e Espanhol.
Mais informação sobre o sítio web: www.urbact.eu/egtc
Os parceiros do projecto agradecem, antecipadamente, a presença de V. Exa..
Cumprimentos,
Jacques HOUBART
Director Geral
*Projecto dedicado à criação de uma rede de conurbações transfronteiriças na Europa, no âmbito da Governança.
Envolve a MOT enquanto Chefe de Fila e 6 conurbações transfronteiriças.

XXXIV Encontro Nacional Assembleia Geral Confiança nos Pais, na Escola e nos Parceiros



Os documentos sobre a Assembleia-Geral Ordinária e Eleitoral estão em:

PROGRAMA
Encontro Nacional - Mira 2009
Encontro Nacional
Dia 14 de Março - Sábado
09.30h Sessão de Abertura (convidados)
Presidente da República
Primeiro Ministro
Presidente da Câmara de Mira
Presidente da CONFAP
Presidente da FRAP Centro
10.30h Agenda Educativa dos Pais – 2009/13
Actividades de Enriquecimento Curricular
Componente de Apoio à Família
Curricularização das AEC’s
Boa prática: Escola de S. Gens
Unificação dos 1º e 2º Ciclos – Prop. CNE
Currículo e Educação Sexual
Oferta e articulação do Desporto Escolar
Intervenções e Debate
13.00h Almoço
14.30h Agenda Educativa dos Pais – 2009/13
Projecto DADUS – Isabel Pinhão
Media Smart – Luísa Agante
Trajecto do Manifesto dos Pais de 2005 a 2009 e a futura Agenda Educativa dos Pais para a legislatura 2009/2013
Condições para o exercício da participação parental.
Intervenções e Debate
17.30h Conclusões
18.00h Sessão de Encerramento (convidados)
Ministra da Educação
Presidente do Cons. Nac. de Educação
Presidente da MAG da Confap
Presidente da Confap

Documentos para a construção da Agenda Educativa dos Pais

Assembleia Geral e Eleitoral - Mira 2009
Assembleia Geral e Eleitoral
Dia 15 de Março - Domingo
10.00h Inicio da Assembleia Geral da Confap
15.00 Abertura das urnas
17.00h Encerramento das Urnas
16.15h Proclamação dos Resultados e Posse
17.30h Encerramento da Assembleia Geral
Programa Social
Dia 14 e 15 de Março – Sábado e Domingo
- Espaço de animação para crianças, com animadoras;
- Sala para jogos;
- Campos desportivos (ténis, futebol,...);
- Percursos pedonais/bicicleta c/visita a parques, lagoas, floresta e praia de Mira;
- Visita guiada ao Concelho de Mira.
INSCRIÇÕES
Telefone, mail ou directamente no site
Américo Páscoa Tel 917.332.952
geral@apeemira.comhttp://www.apeemira.com/
ALMOÇO 14/03/2009 - Sábado e ALMOÇO 15/03/2009 - Domingo
Hotel Quinta da Lagoa
Preço por almoço
Adulto: 16€
Crianças até 8 Anos: 10,50€
Crianças até 3 Anos: Grátis
Reservas
Telefone, mail ou directamente no site
Américo Páscoa Tel 917.332.952
Opção de dois pratos
Sobremesa
Bebidas
Café
Jantar Convívio com animação 14/03/2009 - Sábado
Hotel Quinta da Lagoa
Preço por adulto: 21€
Crianças até 8 Anos: 10,50€
Crianças até 3 Anos: Grátis
Reservas
Telefone, mail ou directamente no site
Américo Páscoa Tel 917.332.952
Morcela assada,
Chouriço caseiro,
Salsicha assada,
Caprichos,
Coxinhas de galinha,
Queijo Rabaçal
Creme de cenoura
Bacalhau à Quinta da Lagoa
Lombo de Porco assado c/castanhas
Sobremesas doces e frutos variados
Vinho branco e Tinto Angelus
Águas e refrigerantes
Café e digestivos
Animação
(brevemente)
ALOJAMENTO
Hotel Quinta da Lagoa c/Pequeno Almoço Buffet
Quarto Duplo: 40€
Quarto Single: 35€
Cama Extra: 12€
Crianças : 3 Anos - Cama Bébé Gratuita
Reservas
Telefone, mail ou directamente no site
Américo Páscoa Tel 917.332.952
geral@apeemira.comhttp://www.apeemira.com/
LOCALIZAÇÃO
A17 Mira Sul
Seguindo Mira - Praia de Mira - Rotunda com identificação do Encontro
A17 Mira Norte
Seguindo em direcção ao Centro da Vila - cortando a direita em direcção Praia de Mira - Rotunda com identificação do Encontro
A1 Mealhada
Cantanhede - Seguindo em direcção Mira - Praia de Mira - Rotunda com identificação do Encontro
EN 109
Centro da Vila - Cortando a direita (vindo do Norte) Cortando a esquerda (vindo do Sul ) em direcção Praia de Mira - Rotunda com identificação do Encontro

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

OUTRAS FOTOGRAFIAS DO DESFILE DE CARNAVAL 2009















































OS NÚMEROS DA RESISTÊNCIA

OS NÚMEROS DA RESISTÊNCIA AGRUPAMENTOS/ESCOLAS E O NÚMEROS DE PROFESSORES QUE ENTREGARAM E NÃO ENTREGARAM OS OBJECTIVOS INDIVIDUAIS (Lista actualizada às 22:10 h de 19-02-09).

Disponibilizamos os primeiros dados que nos chegaram relativamente ao número de professores que entregaram e não entregaram os objectivos individuais.
A lista será actualizada à medida que nos forem chegando os dados (tal como eventuais rectificações, devem ser enviados para o e-mail mobilizar.e.unir.professores@gmail.com).
Dos 144 Agrupamentos/Escolas aqui completamente apurados, resulta:
Total de Professores que entregaram os OI: 8.519 professores
Total de Professores que não entregaram os OI: 10.118 professores
Agrupamento Abel Varzim: Entregaram - 70 professores; Não entregaram - 50 professores.
Agrupamento de Escolas D. Domingos Jardo: Entregaram - 53 professores; Não entregaram - 91 professores.
Agrupamento de Escolas D. Manuel I - Tavira: Entregaram - 109 professores; Não entregaram - 17 professores.
Agrupamento de Escolas D. Martinho Castelo Branco – Portimão: Entregaram - 62 professores; Não entregaram - 56 professores.
Agrupamento de Escolas D. Miguel de Almeida - Abrantes: Entregaram - 57 professores; Não entregaram - 128 professores.
Agrupamento de Escolas D. Pedro I -Vila Nova de Gaia: Entregaram - 150 professores; Não entregaram - 15 professores.
Agrupamento de Escolas da Abelheira - Viana do Castelo: Entregaram - 90 professores; Não entregaram - 50 professores.
Agrupamento de Escolas da Sequeira - Guarda: Entregaram 0 (zero) professores; Não entregaram - 101 professores.
Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha: Entregaram - 107 professores; Não entregaram - 144 professores.
Agrupamento de Escolas de Alijó: Entregaram - 106 professores; Não entregaram - 45 professores.
Agrupamento de Escolas de Álvaro Velho - Barreiro: Entregaram - 118 professores; Não entregaram - 32 professores.
Agrupamento de Escolas de Aveiro: Entregaram - 38 professores; Não entregaram - 150 professores.
Agrupamento de Escolas de Buarcos: Entregaram - 53 professores; não entregaram - 47 professores.
Agrupamento de Escolas de Cacia: Entregaram - 44 professores; Não entregaram - 44 professores.
Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim: Entregaram – 30 professores; Não entregaram - 90 professores.
Agrupamento de Escolas de Cantanhede: Entregaram - 96 professores; Não entregaram - 81 professores.
Agrupamento de Escolas de Caranguejeira - Leiria: Entregaram - 47 professores; Não entregaram - 33 professores.
Agrupamento de Escolas de Carrazeda de Ansiães: Entregaram - 0 (zero) professores; Não entregaram - 105 professores.
Agrupamento de Escolas de Celeirós - Braga: 70% dos professores não entregou os OI´s (aguardamos dados sobre o número de professores).
Agrupamento de Escolas de Celorico da Beira: Entregaram - 7 professores; Não entregaram - 128 professores.
Agrupamento de Escolas de Eixo – Aveiro: Entregaram - 40 professores; Não entregaram - 50 professores.
Agrupamento de Escolas de Frei Bartolomeu dos Mártires – Viana do Castelo: Entregaram - 25 professores; Não entregaram - 107 professores.
Agrupamento de Escolas de Gondifelos - Vila Nova de Famalicão: Entregaram - 36 professores; Não entregaram - 24 professores.
Agrupamento de Escolas de Milheirós de Poiares - Santa Maria da Feira: Entregaram - 53 professores; Não entregaram - 48 professores.
Agrupamento de Escolas de Mondim de Basto: Entregaram - 30 professores; Não entregaram - 120 professores.
Agrupamento de Escolas de Mundão - Viseu: Entregaram - 76 professores; Não entregaram - 32 professores.
Agrupamento de Escolas de Murça: Entregaram - 26 professores; Não entregaram - 72 professores.
Agrupamento de Escolas de Ourique: Entregaram - 18 professores; Não Entregaram - 67 professores.
Agrupamento de Escolas de Prado - Vila Verde: Entregaram - 54 professores; Não entregaram - 86 professores.
Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul: Entregaram - 33 professores; Não entregaram - 72 professores.
Agrupamento de Escolas de Sacavém e do Prior Velho: Entregaram - 99 professores; Não entregaram - 41 professores.
Agrupamento de Escolas de Salvaterra de Magos - Santarém: Entregaram - 157 professores; Não entregaram - 33 professores.
Agrupamento de Escolas de Santa Marta de Penaguião - Vila Real: Entregaram - 13 professores; Não entregaram - 79 professores.
Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém: Entregaram - 57 professores; Não entregaram - 30 professores.
Agrupamento de Escolas de Santo André: Entregaram - 32 professores; Não entregaram - 39 professores.
Agrupamento de Escolas de Sever do Vouga: Entregaram - 29 professores; Não entregaram - 79 professores.
Agrupamento de Escolas de Tábua: Entregaram - 28 professores; Não entregaram - 55 professores.
Agrupamento de Escolas de Taveiro - Coimbra: Entregaram - 0 (zero) professores; Não entregaram - (aguardamos o número total de professores do Agrupamento, pelo que ainda não entra na contabilidade total).
Agrupamento de Escolas de Terras do Baixo Neiva - Forjães - Esposende: Entregaram - 2 professores; Não entregaram - 75 professores.
Agrupamento de Escolas de Vagos: Entregaram - 160 professores; Não entregaram - 11 professores.
Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Santo André: Entregaram - 32 professores; Não entregam - 39 professores.
Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar: Entregaram - 63 professores; Não entregaram - 106 professores.
Agrupamento de Escolas de Vizela: Entregaram - 13 professores; Não entregaram - 107 professores.
Agrupamento de Escolas Diogo Cão - Vila Real: Entregaram – 40 professores; Não entregaram - 239 professores.
Agrupamento de Escolas do Pinhão - Vila Real: Entregaram - 18 professores; Não entregaram - 18 professores.
Agrupamento de Escolas Galopim de Carvalho: Entregaram - 65 professores; Não entregaram - 59 professores.
Agrupamento de Escolas João de Deus: Entregaram – 69 professores; Não entregaram: 12 professores
Agrupamento de Escolas José Cardoso Pires – Amadora: Entregaram - 94 professores; Não entregaram - 36 professores.
Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos - Pinhal Novo: Entregaram - 87 professores; Não entregaram - 98 professores.
Agrupamento de Escolas José Sanches de Alcains: Entregaram - 107 professores; Não entregaram - 19 professores.
Agrupamento de Escolas Lima de Freitas - Setúbal: Entregaram - 102 professores; Não entregaram - 49 professores.
Agrupamento de escolas Miguel Torga - Casal de S. Brás - Amadora: Entregram - 77 professores; Não entregaram - 53 professores.
Agrupamento de Escolas Monsenhor Jerónimo de Amaral - Vila Real: Entregaram - 51 professores; Não entregaram - 156 professores.
Agrupamento de Escolas Pintor José de Brito – Portuzelo - Viana do Castelo: Entregaram - 54 professores; Não entregaram - 106 professores.
Agrupamento de Escolas Prof. João de Meira - Guimarães: Entregaram - 92 professores; Não entregaram - 70 professores.
Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches - Penamacor: Entregaram - 5 professores; Não entregaram - 79 professores.
Agrupamento de Escolas Roque Gameiro - Amadora: Entregaram - 114 professores; Não entregaram - 52 professores.
Agrupamento de Escolas Ruy Belo - Monte Abraão: Entregaram - 156 professores; Não entregaram - 13 professores.
Agrupamento de Escolas Ruy Luís Gomes - Laranjeiro: Entregaram - 62 professores; Não entregaram - 91 professores.
Agrupamento de Escolas Trigal Santa Maria: Entregaram – 51 professores; Não entregaram - 62 professores.
Agrupamento de Santo António - Barreiro: Entregaram - 90 professores; Não entregaram – 50 professores.
Agrupamento José Cardoso Pires – Amadora: Entregaram - 81 professores; Não entregaram - 55 professores.
Agrupamento Maria Pais Ribeiro - Vila do Conde: Entregaram - 61 professores; Não entregaram - 116 professores.
Agrupamento Nº1 de Escolas de Beja – EBI de Santa Maria - Beja: Entregaram – 108 professores; Não entregaram – 21 professores.
Agrupamento Professor Agostinho da Silva - Casal de Cambra: Entregaram: 140 professores; Não entregaram - 30 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Álvaro Coutinho, o Magriço - Penedono: Entregaram - 56 professores; Não entregaram - 3 professores.
Agrupamento Vertical Afonso Betote - Vila do Conde: Entregaram – 94 professores; Não entregaram - 196 professores
Agrupamento Vertical de Escolas da Areosa - Porto: Entregaram - 75 professores; Não entregaram - 8 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Abação – Guimarães: Entregaram - 104 professores; Não entregaram: 3 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Macedo de Cavaleiros: Entregaram - 160 professores; Não entregaram - 70 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Pedras Salgadas - Vila Real: Entregaram - 24 professores; Não entregaram - 33 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de S. Teotónio – Odemira: Entregaram - 37 professores; Não entregaram - 25 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Sabrosa - Vila Real: Entregaram - 9 professores; Não entregaram - 96 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Santa Marinha - Vila Nova de Gaia: Entregaram - 78 professores; Não entregaram - 62 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Torre de Moncorvo: Entregaram - 105 professores; Não entregaram - 19 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas de Vidago – Chaves: Entregaram - 30 professores; Não entregaram - 37 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Dr. Manuel Fernandes - Abrantes: Entregaram - 33 professores; Não entregaram - 127 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Júdice Fialho- Portimão: Entregaram - 51 professores; Não entregaram - 79 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Maria Pais Ribeiro - em Vila do Conde: Entregaram - 61 professores; Não entregaram - 116 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Nadir Afonso – Chaves: Entregaram - 45 professores; Não entregaram os OI: 137 professores.
Agrupamento Vertical de Escolas Nuno Mergulhão - Portimão: Entregaram - 2 professores; Não entregaram - 89 professores.
Agrupamento Vertical de Mesão Frio: Entregaram - 43 professores; Não entregaram os - 71 professores.
Agrupamento Vertical Francisco Gonçalves Carneiro - Chaves: Entregaram - 37 professores; Não entregaram - 143 professores.
Agrupamento Vertical Júlio-Saúl Dias - Vila do Conde: Entregaram - 60 professores; Não entregaram - 110 professores.
Agrupamento Vertical Professora Diamantina Negrão - Brejos – Montechoro: 80% dos professores não entregou os OI (aguardamos dados sobre o número de professores, pelo que este Agrupamento ainda não entra na contabilidade total).
Escola Profissional do Rodo - Régua: Entregaram - 28 professores; Não entregaram - 35 professores.
Escola secundária Amélia Rey Colaço - Linda-a-Velha: Entregaram - 32 professores; Não entregaram - 28 professores.
Escola Secundária André de Gouveia – Évora: Entregaram - 25 professores; Não entregaram - 30 professores.
Escola Secundària Augusto Cabrita - Barreiro: Entregaram - 35 professores; Não entregaram - 63 professores.
Escola Secundária c/ 3º CEB. da Batalha: Entregaram - 79 professores; Não entregaram - 27 professores.
Escola Secundária c/3º CEB de Cristina Torres - Figueira da Foz: Entregaram - 13 professores; Não entregaram - 70 professores.
Escola Secundária c/3º CEB Gil Eanes – Lagos: Entregaram - 91 professores; Não entregaram - 14 professores.
Escola Secundária c/3º Ciclo D. Manuel I – Beja: (Aguardamos os dados relativos ao número dos professores que entregaram, pelo que esta Escola ainda não entra na contabilidade total); Não entregaram - 5 professores.
Escola Secundária c/3º Ciclo de Ferreira Dias: Entregaram - 114 professores; Não entregaram - 101 professores.
Escola Secundária c/3º Ciclo Diogo de Gouveia – Beja: Entregaram - 73 professores; Não entregaram - 23 professores.
Escola Secundária Camilo Castelo Branco - Vila Real: Entregaram - 27 professores; Não entregaram - 153 professores.
Escola Secundária D. Duarte - Coimbra: Entregaram - 6 professores; Não entregaram - 77 professores.
Escola Secundária D. João II - Setúbal: Entregaram - 45 professores; Não entregaram - 70 professores.
Escola Secundária D. João V - Damaia: Entregaram - 41 professores; Não entregaram - 84 professores.
Escola Secundária D. Maria II – Braga: Entregaram - 47 professores; Não entregaram - 66 professores.
Escola Secundária D. Sancho I - Vila Nova de Famalicão: Entregaram - 81 professores; Não entregaram - 97 professores.
Escola Secundária da Amadora: Entregaram - 115 professores; Não entregaram - 44 professores.
Escola Secundária da Gafanha da Nazaré: Entregaram - 106professores; Não entregaram - 11 professores.
Escola Secundária da Maia: Entregaram - 101 professores; Não entregaram - 77 professores.
Escola Secundária da Ramada: Entregaram - 64 professores; Não entregaram - 70 professores.
Escola Secundária da Trofa: Entregaram - 80 professores; Não entregaram - 140 professores.
Escola Secundária Daniel Sampaio - Sobreda da Caparica: Entregaram - 50 professores; Não entregaram - 54 professores.
Escola Secundária de Alcanena: Entregaram - 0 (zero) professores; Não entregaram - 86 professores.
Escola Secundária de Amora: Entregaram - 89 professores; Não entregaram - 104 professores.
Escola Secundária de Caneças - Odivelas: Entregaram - 123 professores; Não entregaram - 20 professores.
Escola Secundária de Casquilhos - Barreiro: Entregaram - 38 professores; Não entregaram - 37 professores.
Escola Secundária de Castêlo da Maia: Entregaram - 50 professores; Não entregaram - 60 professores.
Escola Secundária de Lousada: Entregaram - 2 professores; Não entregaram - 145 professores.
Escola Secundária de Maximinos – Braga: Entregaram - 48 professores; Não entregaram - 83 professores.
Escola Secundária de Miraflores - Miraflores: Entregaram - 83 professores; Não entregaram - 40 professores.
Escola Secundária de Montemor-o-Velho: Entregaram - 50 professores; Não entregaram - 10 professores.
Escola Secundária de Oliveira do Hospital: Entregaram - 23 professores; Não entregaram - 82 professores.
Escola Secundária de Ponte de Lima: Entregaram - 20 professores; Não entregaram - 149 professores.
Escola Secundária de S. Pedro - Vila Real: Entregaram - 28 professores; Não entregaram - 85 professores.
Escola Secundária de Santa Maria - Sintra: Entregaram - 63 professores; Não entregaram - 145 professores.
Escola Secundária de Silves: Entregaram - 30 professores; Não entregaram - 105 professores.
Escola Secundária de Vergílio Ferreira – Lisboa: Entregaram - 60 professores; Não entregaram - 59 professores.
Escola Secundária de Viriato - Viseu: Entregaram - 53 professores; Não entregaram - 74 professores.
Escola Secundária do Cartaxo: Entregaram - 117 professores; Não entregaram - 14 professores.
Escola Secundária dos Carvalhos: Entregaram - 39 professores; Não entregaram - 78 professores.
Escola Secundária Dr. João Araújo Correia – Régua: Entregaram - 36 professores; Não entregaram - 85 professores.
Escola Secundária Dr. Júlio Martins – Chaves: Entregaram - 22 professores; Não entregaram - 68 professores.
Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves - Odemira: Entregaram - 10 professores; Não entregaram 48 - professores.
Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida - Espinho: Entregaram - 23 professores; Não entregaram - 131 professores.
Escola Secundária Dr. Solano de Abreu - Abrantes: Entregaram - 46 professores; Não entregaram - 73 professores.
Escola Secundária Eça de Queirós - Póvoa de Varzim: Entregaram - 2 professores; Não entregaram - 115 professores.
Escola Secundária Fernando Lopes-Graça – Parede: Entregaram - 122 professores; Não entregaram - 18 professores.
Escola Secundária Gabriel Pereira -Évora: Entregaram - 25 professores; Não entregaram - 149.
Escola Secundária Ibn Mucana - Alcabideche - Cascais: Entregaram - 100 professores; Não entregaram: 10 professores.
Escola Secundária Infanta D. Maria - Coimbra: Entregaram - 8 professores; Não entregaram - 83 professores.
Escola Secundária Jaime de Magalhães Lima - Esgueira - Aveiro: Entregaram - 19 professores; Não entregaram - 138 professores.
Escola Secundária José Afonso - Seixal: Entregara - 105 professores; Não entregaram - 48 professores.
Escola Secundária Madeira Torres - Torres Vedras: Entregaram - 0 (zero) professores; Não entregaram - 136 professores.
Escola Secundária Manuel Cargaleiro - Seixal: Entregaram - 28 professores; Não entregaram - 93 professores.
Escola Secundária Morgado de Mateus - Vila Real: Entregaram - 25 professores; Não entregaram - 75 professores.
Escola Secundária Pedro Alexandrino - Póvoa de Santo Adrião: Entregaram - 168 professores; Não entregaram - 19 professores.
Escola Secundária Poeta Al Berto - Sines: Entregaram - 46 professores; Não entregaram - 31 professores.
Escola Secundária Poeta António Aleixo - Portimão: Entregaram - 71 professores; Não entregaram - 65 professores.
Escola Secundária/3 Abade de Baçal - Bragança: Entregaram - 13 professores; Não entregaram - 85 professores.
Escola Secundária/3 de Mirandela: Entregaram - 74 professores; Não entregaram - 66 professores.
Escola Secundária/3 Dr. Joaquim Gomes Ferreira Alves - Valadares: Entregaram - 136 professores; Não entregaram - 36 professores.
Escola Secundária/3 Inês de Castro - Gaia: Entregaram – 139 professores; Não entregaram - 31 professores.
Escola Secundária/3 José Régio - Vila do Conde: Entregaram - 21 professores; Não entregaram - 118 professores.

Primavera da Europa














































Exmo. Senhor(a)Presidente do Conselho Executivo/Director(a)

No âmbito da Primavera da Europa – iniciativa dirigida às escolas e gerida pela plataforma European Schoolnet com o apoio da Comissão Europeia – estão abertas as inscrições para os concursos e actividades a decorrer este ano.
O prazo para a entrega de candidaturas é 31 de Maio de 2009.
O objectivo da Primavera da Europa é potenciar a qualidade da educação, promovendo a dimensão europeia e a cidadania activa, promovendo a aquisição de competências, disponibilizando ambientes de aprendizagem criativos e inovadores e criando oportunidades de colaboração com outras escolas.
Em anexo envio os documentos “Guia para o Professor”, anúncio e termos dos referidos concursos e actividades, solicitando a melhor atenção de V.Excia para a participação que entenda conveniente.
Com os melhores cumprimentos
A Directora Geral
Joana Brocardo
Sandra Sabino
Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular
Secretariado de Direcção
Av. 24 de Julho, 1401399-026 Lisboa
Tel: 21 393 45 05 - Fax: 21 393 46 90

DOCUMENTOS DA APEE - AFGC

LIVROS NEE

Associação de Pais e Encarregados de Educação

RECOMENDAÇÕES DA GRIPE A

Video